Estado de Goiás

Mestrado em Produção Vegetal  

Apresentação

O mestrado em Produção Vegetal (PPGPV) é um programa de Pós-Graduação Stricto Sensu que têm como principal objetivo a formação de mestres éticos e capazes de desenvolverem estudos avançados em Produção Vegetal. O mestrado foi avaliado e aprovado em 2011 pelo Comitê de Ciências Agrárias da CAPES com conceito 4. O Campus universitário de Ipameri, além dos dois cursos de graduação (Agronomia e Engenharia Florestal), passou a contar a partir de março de 2012 com o programa de pós-graduação (mestrado stricto senso) em Produção Vegetal. O mestrado em Produção Vegetal é alicerçado em duas linhas de pesquisa: Fitotecnia e Recursos genéticos e Biodiversidade

Por se tratar de uma região iminentemente agrícola, a formação de mestres capazes de desenvolverem estudos avançados em Produção Vegetal contribuirá diretamente e significativamente para o avanço regional por disponibilizar ao mercado mão de obra pensante e qualificada.

 

Histórico e contextualização do programa

 

O Estado de Goiás aparece no cenário econômico brasileiro a partir de 1940, atendendo à demanda de produtos primários para a região sudeste, que iniciava o seu processo de industrialização. Assim, o Estado foi incorporado ao processo produtivo nacional como fornecedor de gêneros alimentícios e matérias-primas e, principalmente, como absorvedor de excedentes populacionais de outras regiões do país. Entretanto, devido às condições logísticas de produção e escoamento privilegiadas, Goiás passou a receber um grande número de agroindústrias, o que provocou um efeito multiplicador na economia da região. Dessa forma, Goiás deixa de ser um mero produtor de matéria-prima que atendia as regiões mais desenvolvidas, para ser um forte gerador de divisas, emprego e renda. Mesmo observando o desenvolvimento industrial em alguns específicos municípios, como exemplo os de Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia, a maioria dos municípios do Estado tem o agronegócio como principal atividade econômica, com reflexos sociais, políticos, culturais e ambientais para as populações rurais e urbanas.

Objetivando formar profissionais éticos e capazes de desenvolverem estudos avançados em Produção Vegetal, particularmente para a Região Sudeste, em novembro de 2011 foi aprovado e em março de 2012 foi implantado o programa de pós-graduação em produção vegetal da Universidade Estadual de Goiás no Campus de Ipameri-GO.

 

 

Perfil do profissional

 

O Programa de mestrado em Produção Vegetal visa formar profissionais com o seguinte perfil:

  • Mestres  éticos e capazes de desenvolver estudos avançados para o fortalecimento do agronegócio brasileiro.

  • Mestres  aptos a ingressarem no doutorado para atuarem no desenvolvimento de pesquisas.

  • Profissional capaz de gerar conhecimento e ocupar espaço de destaque em empresa privada.